Nov 22, 2007

o pai

conto as horas e os minutos para o G. chegar a casa.
sinto-me muito melhor quando ele está em casa, parece que corre tudo melhor.
o G. faz absolutamente tudo, é um descanso.
somos uma verdadeira equipa, eu é que às vezes estrago o ambiente.

4 comments:

Sonia&Mi said...

:)))

Butterflyfairy said...

Eu também me sinto melhor com o P em casa.
Acho que os pais deveriam ficar mais tempo em casa, para nos apoiar. Nós também precisamos de miminhos:))

Sofia Quintela said...

Eu também. O Marco também me ajuda muito. E olha que o Rodrigo tem a ligação com o pai que normalemnte as crianças têm com a mãe. Ele não me prefere a mim como normalemnte acontece e às vezes sinto-me triste e um pouco culpada por não ser eu a estar sempre ali, do lado dele... é um preço a pagar. às vezes acho que qunto mais ajuda temos mais necessitamos dela sabes? Ficamos muito dependentes... e isso não é nada bom para a auto-estima!!!
(ainda bem que tens a coragem de escrever isto por aqui, eu não tive, mas sinto-me tão menos anormal ao ler as tuas palavras)
Beijinhos grande e tudo a correr bem.

Sílvia said...

Hummm, sabem eu tambem passei por uma fase em que achava que a B. era mais chegada ao pai e sinceramente tinha ciumes, e achava que ela nem gostava muito de mim hehehe....parvoeira minha. Eles passam por fases. Ela hoje tem pouco mais de 4 aninhos e tem fases do pai e fases da mae, ama-nos aos dois por igual e incondicionalmente!

 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.