Apr 11, 2008

muito mal habituada



de 1.9 TD 150 CV
para 205-junior-nem-sei-se-terá-um-pónei-sequer.

não temos direito a carro de substituição, o carro que eu entretanto vou comprar ainda não está disponível e alugar um não se justifica havendo substituto.

é é assim que o Queijinho volta à carga.
o Queijinho (ou Queijolas) é um carro mítico.
acompanhou a minha irmã durante cerca de 10 anos, há 10 anos veio para mim.
na altura já era velho.
acompanhou-me durante os anos da faculdade, carregou maquetes, colegas, papelada, aguentou-se sempre bem.
quem me conhece, conhece o Queijinho.

há uns 2 anos desisti de andar com ele, porque comecei a trabalhar no centro da cidade e andava de metro para todo o lado.
e porque o Q. começou a ter ataques e chiliques.

houve alturas em que pensei que estivesse possuído por uma alminha porque um dia à porta do Minipreço estacionei, tirei a chave da ignição e o Q. continuou ruidosamente a trabalhar.

mas esta semana voltou à carga, para me vir salvar.
amanhã vou mesmo para Mafra com ele, mas não estou a achar graça nenhuma.
quem o adora é a R.
vai ao meu lado, o que por si só é uma festa.
abana muito mais que o do pai.
cada solavanco uma gargalhada, duas gargalhadas, porque eu começo logo a rir (para disfarçar o embaraço se alguém olhar para nós)

eu sei que o que interessa é que ande.
mas habituei-me mal, porque durante algum tempo só conduzi os carros do G.
e eu que até era croma dos "xanatos" e defendia a classe.
mas quem aguenta de manhã?
para pôr a trabalhar tenho que ligar o ar, parece que vamos levantar vôo ou explodir a qualquer momento, tal é o barulho!
arrancar até arranca, mas de cada vez que carrego na embraiagem, o ronco que vem do motor é tão assustador, que Deus me livre!
mas o pior é a fumarada (para além das óbvias razões ecológicas), que vergonha!
e o pivete no interior a óleo queimado não ajuda nada!
ah e a embraiagem faz um barulho de porta a ranger, mas isto já acontecia há para aí uns 8 anos!

ontem, juro, que ía um palerma, num carro qualquer, a olhar e a gozar... só me apetece abrir a janela e gritar: "pelo menos o meu está pago, oh anormal!"

mesmo assim só me traz boas recordações!



6 comments:

Sílvia said...

Hehehe, mas que grande aventura. O que ja me fartei de rir com isto tudo! ;))

maria antunes said...

:)
Fantástico o texto. Vais ver que o Queijinho não te vai deixar mal, afinal ele estava cheio de saudades tuas.

Sofia Quintela said...

hahahahahahahaha.... tiraste a chave e continuo a trabalhar???? Isso é inédito, devias inscrevê-lo no guiness...

Cissa said...

Oh sofia não é nada inedito! o "molhe de latas" dos meus pais, um corola de mil novecentos e troca o passo e q até veio de angola..., tb fazia isso... e abriamos a porta com a unha... e até com a pobnta de objecto mais afiado ele arrancava... já para não falar que a manete das mudanças saltava e que tinha uma folga no volante para o lado direito gigantesca!!!

O teu queijinho fez me lembrar o meu Junior!

Charlotte said...

Ah, ah, ah o que me ri a imaginar o queijinho aos solavancos e a roncar no meio da cidade:) Opá, mas são tão castiços! Ainda gostava de ter o meu fiat ou o polo:) Trocamos os nossos boguinhas pelos carros de família e dps mais tarde vem a saudade!
Como está a migualinha?

rita said...

Ahahahahahah!
Nada a dizer!!!!
Rita

 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.