Feb 11, 2008

o susto

o horror, o drama.

hoje já posso brincar com a situação.

ontem a Migalha caiu.

literalmente, de testa ao chão!

conseguem imaginar o que é um bébé de 4 meses virado do avesso no chão de mosaico da cozinha e um barulho seco de testa a bater no dito?

eu e o pai ficámos para morrer...

felizmente não foi nada, a cabeça é dura.

nem um galo, nem uma marca, graças a Deus.

chorou bastante, mas também se calou depressa, e ainda comeu uma pratada de papa!

e eu é que era a chata melga que estava sempre a apertá-la nos dois lados da espreguiçadeira... restam dúvidas ?

8 comments:

Charlotte said...

:)) desculpa mas tive que rir com este post:))
Eles parece que são feitos de borracha ou algo parecido!!! Ainda bem que não passou só de um susto...
Boa semana*

Butterflyfairy said...

Aiii, que suuuusto :S
Ainda bem que "não foi nada" :))

bjoo

Supertatas said...

o meu com essa idade virou a espreguiçadeira com ele preso e tudo e tb foi um tombo valente ;)
passei a deixar de confiar na espreguiçadeira e deixei de a usar, passou a estar sempre no chão, resultado: com 4 meses já se aguentava sentado

carla alexandra vendinha said...

e dizem mal da pobre da britney.... :-)

pimenta rosa said...

ah ah ah, só nos falta rapar o cabelo ;)

Sofia Quintela said...

bolas mas como é que ela caiu?? da espreguçadeira???? O meu nunca caiu porque sempre pus a espreguiçadeira no chão sempre muito recomendada pela nossa pediatra, mas agora de vez em quando ainda la sentamos e hoje também fez pontaria ao chão lolwftwolmj

Oficinas RANHA said...

Por acaso já ouvi histórias como a da supertatas... cá nunca aconteceu, a espreguiçadeira foi bastante usada e sempre com sucesso. Mas eu estou de acordo contigo, a probabilidade de se lembrarem de fazer algo que seja perigoso é tão maior do que o cálculo que fazemos dos riscos, que nenhuma protecção é demais... (sem entrarmos em exageros, claro!) Ou seja, cintos na espreguiçadeira e nos carrinhos (uma vez iamos no Ikea e um senhor disse que a Alice ia a sair do carrinho... e não é que ia mesmo...?! nós sossegados a pensar que a miúda dormia e ela toda lampeira a esgueirar-se por um cinto demasiado largo...), ou, a meu ver, protecções nas tomadas (a minha tinha uma fixação) e nos armários de detergentes nunca são excessivos...
Já agora, o dia que ela cair de boca no chão (isto não é agourar, é pura e simplesmente a noção da inevitabilidade da coisa), que não te choque o sangue... a boca é irrigadíssima, não te esqueças... (é que a minha caiu poucos dias depois de uma mãe referir um episódio semelhante com o seu filho... e a lembrança ajudou-me a nao empanicar...).
Beijocas da Rita

Na Lua da Alice said...

Ahahahaha... Deixa lá. A minha Alice, com os mesmos 4 meses caiu da minha cama (bastante alta por sinal). Esse som seco é dos piores que ficam na cabeça de uma pessoa. Mas segundo parece dói-nos mais a nós do que a elas. Mas olha. Se calhar ela precisa de cair para comer (estava a brincar.......)
Quanto a ires pô-la de castigo... eu já ameacei a minha com o reformatório. Ela tem o maior espírito contraditório que eu já vi (e eu assumo o meu...).
Beijinhos
Yolanda

 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.